Você sabe quais os benefícios da natação?

Dicas

A mais completa atividade física: assim é conhecida a natação. Essa modalidade esportiva ganhou a fama ao longo dos anos por causa de estudos dos efeitos que ela gera no corpo. Dentre tantos esportes que existem para se praticar, a natação é destaque tanto pelos benefícios que proporciona à saúde quanto ao físico dos praticantes.

Como se não bastasse, as contraindicações dessa atividade são bem poucas. Dificilmente uma pessoa não poderá praticá-la, pois só problemas específicos podem impedir alguém de cair na piscina para realizar esse prazeroso exercício físico.

Afinal, por que a natação é considerada a atividade física mais completa? Por que é tão querida por médicos e especialistas da saúde? Por que é tão indicada como atividade esportiva? Entenda os benefícios da natação neste post!

Para quem a natação é recomendada?

Homem, mulher, idoso, jovem, criança, pessoas com necessidades especiais: todos podem praticar o esporte. A verdade é que não há limitação para a prática da natação. A idade, por exemplo, não é nenhum problema. A partir dos seis meses, já é interessante para o bebê ter os primeiros contatos com a água. Já aos dois anos, a atividade passa a ser fundamental na vida dos pequeninos, pois ensina os limites da água e aumenta a coragem e a independência.

Porém, para crianças, as aulas devem ser um pouco diferentes, mais lúdicas. Isso porque, dos dois aos sete anos, a criança trabalha com o raciocínio pré-operatório, que responde a simbolismos e coisas do tipo. Portanto, a aula para a criançada deve ser diferenciada.

E a idade máxima? A notícia é que não há idade máxima para fazer natação. Até mesmo idosos podem fazer aulas e aproveitar todos os benefícios que ela proporciona.

Quais são os benefícios da natação?

Elencamos, abaixo, alguns dos principais benefícios da natação para a saúde física e emocional. Confira!

Melhora a circulação sanguínea

A junção dos movimentos corporais de braços, tronco e pernas com o trabalho respiratório na água ajuda a eliminar a gordura em volta do coração. Dessa forma, ele fica mais forte e bombeia melhor o sangue.

Além disso, debaixo da água, é preciso mais esforço físico para se movimentar, por causa da pressão do meio líquido. Por isso, o coração é mais exigido, pois tem que bombear o sangue mais rapidamente.

Com uma circulação melhor, os nutrientes circulam com mais facilidade e são mais bem distribuídos pelo corpo. Ou seja, a natação faz um bem enorme para sua saúde.

Fortalece o sistema respiratório

Durante a natação, você aprende a combinar a respiração com os movimentos. Além disso, a umidade ajuda a dilatar as vias respiratórias, facilitando o fluxo do ar pelos caminhos que ele percorre no corpo. Para completar, os músculos de entrada e saída do ar são todos trabalhados durante a natação, o que faz o tamanho dos pulmões aumentar um pouco.

Por causa dos benefícios respiratórios, a natação é altamente indicada para pessoas com doenças dessa categoria, como asma e bronquite. Se você sofre com elas, vá em frente. Afinal de contas, a natação é ótima para prevenir essas e outras doenças.

Reduz dores nas articulações

Muitas pessoas ficam com um pé atrás antes de fazer uma atividade física por medo de sentir dores nas articulações. Se tiver problemas na região ou for idoso, então, o medo cresce ainda mais. Pois, na natação, não há motivo para temer a dor.

Por ser praticada na água e, consequentemente, livre do atrito com o chão ou com outra superfície, essa atividade não força as articulações, nem sobrecarrega a musculatura. Por isso, se quer uma atividade exigente fisicamente, mas que não cause dor, opte pela natação, atividade recomendada até mesmo para as mulheres grávidas.

Ajuda a emagrecer

Movimentar-se na água exige mais esforço físico do que fazer uma caminhada, por exemplo. Isso ocorre porque a água tem mais pressão do que o ar, que é o elemento com o qual temos contato ao fazermos uma caminhada. Por causa disso, nadar queima bem mais calorias do que uma corrida.

Para se ter ideia do quanto nadar pode ajudar na redução de peso, é possível perder até 800 calorias por hora com a atividade, dependendo do estilo de nado que você fizer. O American College of Sports diz que uma pessoa saudável precisa gastar entre 1.000 e 1.500 calorias por semana com atividades físicas. Então, quer emagrecer e perder peso? Nade com frequência.

Tonifica e define a musculatura

Talvez seja a parte mais atraente da natação. Se você é daquelas pessoas que querem definir o corpo, esse esporte pode ajudar. Por trabalhar todos os músculos ao mesmo tempo, ele ajuda a desenvolver a musculatura de forma equilibrada, fortalecendo e até definindo o corpo. Cada estilo de natação trabalha partes específicas de forma mais profunda.

O crawl (estilo normal, mais conhecido e mais fácil de fazer) trabalha principalmente os glúteos e o tríceps, mas exercita bastante também o bíceps, o quadríceps, o peitoral e os músculos interiores das pernas. O nado de costas, tão conhecido e quase tão fácil quanto o crawl, trabalha muito os músculos posteriores das coxas e das costas, além do trapézio, da panturrilha e dos glúteos.

Na lista de músculos trabalhados pelo estilo peito, além de toda a região peitoral, estão os bíceps, os músculos interiores das coxas e os músculos adutores. Por fim, o nado borboleta, um dos mais difíceis de se fazer, desenvolve principalmente o trapézio, as costas e o peitoral, além dos bíceps e glúteos. Em resumo, a natação proporciona uma espécie de malhação completa e simultânea.

Melhora a flexibilidade

Ao contrário da musculação, que trabalha cada parte do corpo de forma isolada, durante uma aula de natação praticamente todos os músculos do corpo são estimulados. Além disso, quem costuma fazer musculação geralmente não se preocupa em fazer alongamentos.

Antes de entrar na piscina, os alunos devem se aquecer e se alongar. O aumento da flexibilidade também acontece porque durante a aula o aluno executa uma série de movimentos que trabalham a amplitude dos membros, fortalecem as articulações e os ligamentos. Tudo isso colabora para que o corpo fique mais flexível.

Causa pouco impacto

Um dos fatores que mais impedem as pessoas de começarem a se exercitar é o impacto dos exercícios aeróbicos, que são os que mais ajudam na perda de peso. A natação, no entanto, além de ser um exercício intenso que promove uma alta queima de calorias, não causa impacto algum às articulações e aos ligamentos. Isso significa que esse esporte é ideal para pessoas com lesões ou com problemas nas articulações, como os idosos.

Melhora a autoestima

Infelizmente, na maioria dos casos, a baixa autoestima está ligada ao excesso de peso, pois o corpo considerado padrão é o magro. Portanto, quem começa a praticar a natação e perde peso se sente muito mais feliz com seu próprio corpo.

Além da questão estética, também existe outro fator. Os adultos que não sabem nadar sentem vergonha de frequentar piscinas ou até mesmo de ir à praia. Para essas pessoas, aprender a nadar significa melhorar a confiança, ganhar liberdade e ter mais segurança em lugares com água.

Reduz os riscos de diabetes

A diabetes tipo 2 está diretamente ligada ao sedentarismo e à obesidade. Isso porque a doença se desenvolve quando o organismo não consegue utilizar toda a insulina produzida pelo corpo. Os exercícios aeróbicos são os mais indicados para prevenir e tratar esse tipo de diabetes. Uma aula de natação intensa pode queimar até 700 calorias, o que diminui o risco de contrair diabetes do tipo 2 em até 10%.

Libera endorfina e tira o estresse

Atividades feitas na água são relacionadas ao prazer. Portanto, são ótimas para desestressar e ainda podem causar sensação de alegria, com a liberação da endorfina, hormônio responsável por esse sentimento. Ou seja, você faz bem para seu corpo e sua saúde, se livra do estresse e ainda sente prazer. Bom demais, não é?

Como começar as aulas de natação?

A pergunta pode parecer tola, mas a verdade é que muitas pessoas, principalmente os adultos, têm vontade de fazer aulas de natação. Porém, não sabem como ou por onde começar. O primeiro passo antes de começar a praticar qualquer tipo de atividade física é consultar a opinião do seu médico.

Embora a natação seja um esporte praticamente sem contraindicações, não custa nada pedir uma opinião médica. Por exemplo, a natação não é recomendada para quem tem problemas de pele, pois as alergias podem piorar por causa da presença do cloro.

O segundo passo é procurar por uma academia especializada em aulas de natação. Não basta apenas ter piscinas, a academia deve seguir uma metodologia de ensino e contar com profissionais qualificados. Não interessa se o aluno é criança, adulto ou idoso: todos que querem aprender a nadar precisam do apoio e acompanhamento de um professor.

Por último, adquira os equipamentos necessários para dar início às aulas. Os óculos de natação, a touca e os trajes são essenciais. Mas há muitos outros acessórios, que melhoram o desempenho na água, mas são considerados opcionais.

Viu quanta coisa boa? Esses são apenas alguns dos benefícios da natação. Portanto, comece agora mesmo a aproveitá-los — mas nem pense em cair na água sem antes se alimentar bem e passar por uma avaliação física cuidadosa, ok?

Gostou deste texto? Sem sim, aproveite a visita ao blog e confira, agora, o artigo Para a evolução da natação, quanto mais tempo, melhor!