Entenda como melhorar a recuperação muscular e prevenir lesões

Atletas

Praticar exercícios físicos ajuda a prevenir doenças crônicas, melhora a saúde, proporciona uma sensação de bem-estar e aumenta a qualidade de vida. Apesar dos benefícios, o treinamento excessivo pode ocasionar lesões. Por isso, uma das grandes dúvidas de quem treina é como melhorar a recuperação muscular para poder seguir com a prática de forma segura.

Para ajudar nessa missão, criamos este post com dicas do que é preciso ser feito para acelerar a recuperação dos músculos e evitar que o corpo entre em fadiga. Ficou curioso para conhecer as nossas dicas? Então é só continuar acompanhando o post!

Faça uma boa periodização

A primeira dica para deixar a lesão de lado é ter uma boa periodização. Se você está se perguntando o que é isso, calma que vamos explicar. A periodização no treino nada mais é do que uma organização do que será feito. Nela, entram variáveis como: peso, número de repetições, volume, distância percorrida, tipo de exercícios em cada treino etc.

Provavelmente você não conseguirá criar uma periodização sozinho, a menos que seja um especialista da área. Por isso, o segundo passo é procurar um profissional qualificado para ajudar nessa tarefa.

Alterne exercícios leves e intensos

Outra dica interessante é alternar a intensidade dos treinos e dos exercícios. Se você treina sozinho, procure sempre se perguntar como está o seu corpo antes de iniciar a atividade física. Pense nisso e defina em que intensidade será o treino do dia.

Lembre-se: nem sempre treinar em intensidade máxima é a melhor alternativa, pois, se você estiver cansado ou pouco recuperado do treino anterior, essa opção pode ser sinônimo de um risco elevado de lesão muscular.

Invista em atividades de menor impacto

O impacto é um dos grandes vilões das lesões esportivas. Esportes com muito impacto, como a corrida, tendem a machucar gradativamente as articulações, que são responsáveis por ligar a musculatura e os ossos.

Por isso, uma boa forma de prevenir lesões e favorecer a recuperação da musculatura é investir em atividades com um impacto menor, como a natação. O esporte praticado em meio aquático tem um impacto reduzido drasticamente, favorecendo a manutenção do corpo saudável.

Evite treinar diariamente

O descanso é tão importante quanto o treinamento. Durante a prática de exercícios físicos, os músculos sofrem pequenas lesões que são regeneradas durante o descanso. É nesse período também que a musculatura cresce e fica mais forte.

Sendo assim, para que a sua rotina de treinos seja positiva, procure intercalar dias de atividade física com dias de descanso. Não se esqueça de dormir bem e aproveitar para relaxar.

Aposte nos alimentos certos

A nossa última dica é sobre a alimentação. Sabia que ela também é importante? Quem treina deve pensar em uma dieta balanceada, que consiga repor as energias gastas e forneça nutrientes indispensáveis para que os músculos consigam se tornar mais fortes.

Para a reposição energética, é recomendado adicionar carboidratos à dieta, de preferência logo após o treino. Já para a recuperação das fibras musculares, o ideal é ter uma boa ingestão de proteínas. Em resumo, uma dieta balanceada, com poucos alimentos industrializados, pode ser essencial para manter a saúde do corpo em dia.

Se exercitar é tudo de bom! Fazer o treino com consciência e sabedoria e pensando em como melhorar a recuperação muscular é melhor ainda. Afinal, ninguém gosta de ter que parar com a rotina de exercícios para ter que curar qualquer tipo de lesão, não é mesmo?

E então, gostou do post? Agora que você já sabe o que é preciso ser feito para treinar com segurança e garantir a regeneração da sua musculatura, descubra outras dicas importantes. Para isso, não deixe de nos seguir nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube!

Não existem comentários, envie o seu