Série Ciclo Olímpico: Gabriel Ogawa

Atletas

A preparação de um atleta no ciclo olímpico não muda muito do que já é feito todos os dias. Claro que quando tem mais chances,  deve dar um gás maior, ser mais focado, sempre visando seu objetivo principal. Essa é a opinião do nadador Gabriel Ogawa, mais um personagem da nossa série Ciclo Olímpico. 

“Acredito que a chave para alcançar o índice olímpico está no foco e empenho do atleta. Se você tem um objetivo claro na sua mente tem que ir atrás e fazer de tudo para alcançar o que almeja. A rotina geralmente inclui dois treinos diários, sendo que a sessão na água começa às 7h. Depois, por volta das 10h, tenho preparação física e à tarde faço o segundo período de treino.

Quem está disposto a alcançar essa meta tem que dar tudo de si todos os dias no treinamento. Os 110% é que vão diferenciá-lo de ser olímpico ou não. Alimentação balanceada para um atleta de ponta também é essencial e precisa ser acompanhada por um nutricionista e um médico.

Geralmente não temos restrições, pois cada um sabe seu objetivo. Eu procuro não sair à noite ou chegar de madrugada em casa. Com os estudos acaba não sobrando tanto tempo. Tenho em mente meu objetivo e vou atrás dele”.

Texto: Nill Cavalcante, NC Assessoria de Comunicação

Não existem comentários, envie o seu