Natação para bebês: por que colocar seu filho para praticar?

Vida Saudável

A natação para bebês é uma atividade cada vez mais procurada pelos pais. A possibilidade de estimular e acelerar o desenvolvimento cognitivo e motor chama a atenção das famílias, que buscam as melhores opções para seus filhos.

Enquanto se desenvolvem no útero das mães, os bebês estão acostumados a lidar com a água. De modo instintivo, os pequenos fecham a boca, prendem a respiração e movimentam braços e pernas. Por isso, a natação é uma excelente opção de exercício para essa faixa etária.

Neste artigo, falaremos sobre a importância da natação para bebês, além de elencar alguns benefícios da atividade e cuidados que precisam ser tomados. Acompanhe a leitura!

A importância da natação para bebês

É importante deixar claro que o objetivo das aulas não é ensinar o bebê a nadar, mas sim estimular sua coordenação e desenvolvimento motor. A natação também é importante para a adaptação social da criança, já que as aulas costumam ser em grupo e promovem a interação entre os bebês, professores e pais.

Outro fator importante é a proximidade criada entre a criança e o adulto que está junto com ela na aula. Os pais que costumam levar os filhos para essa atividade, conseguem desenvolver uma relação de confiança e afetividade.

A natação nesse período é importante também porque aproveita as habilidades do bebê que duram até mais ou menos um ano de idade. Depois dessa fase, a atividade continua sendo importante, mas deixará de aproveitar os reflexos naturais aprendidos durante a gestação.

Os benefícios da natação

Os benefícios que a natação para bebês traz são variados e sobre alguns deles nós falaremos na sequência.

Melhora a respiração

A natação fortalece desde a musculatura torácica ao diafragma, o que facilita a troca de oxigênio e a torna mais natural. Além disso, a umidade ajuda a dilatar as vias respiratórias, facilitando a passagem do ar pelos caminhos que ele percorre no corpo. É comum encontrar relatos de melhora em casos de asma ou bronquite para quem pratica a atividade.

Facilita o sono

O sono é fundamental para crianças e depois do exercício ele é mais profundo e reparador, o que proporciona um bom crescimento e desenvolvimento para os bebês. A água também traz um efeito relaxante, que contribui para dar maior facilidade para dormir.

Fortalece a musculatura cardíaca

A natação para bebês melhora a circulação e promove a movimentação das pernas e dos braços, além de outras regiões do corpo. Esses estímulos fortalecem diversas musculaturas, dentre elas a cardíaca. Dessa forma, o coração fica mais forte e saudável, reduzindo as gorduras que ficam alojadas nas artérias próximas ao órgão.

Ativa a circulação sanguínea

Com o coração fortificado, é potencializada a capacidade de bombear sangue para todo o corpo. Desse modo, a circulação sanguínea tem seu fluxo aumentado diante da pressão da água. Com esse processo sendo feito de forma mais rápida, os nutrientes circulam com mais facilidade e são mais bem distribuídos pelo corpo. Ou seja, uma maravilha para saúde do seu bebê.

Estimula o apetite

Devido ao esforço e energia gastos, o apetite do bebê é estimulado mesmo após poucas semanas de atividade. Esse fator é importante para ajudar no desenvolvimento da criança e contribui para a maior facilidade dos pais na hora da alimentação.

Potencializa as atividades cognitivas e motoras

Os exercícios praticados na água proporcionam o fortalecimento, trabalham o equilíbrio e a coordenação motora. Esses fatores contribuem no processo de aprender a engatinhar e andar. Na parte cognitiva, as crianças aprendem a ter noções de espaço e tempo e se tornam mais independentes, pois precisam tomar as próprias decisões para se manter na água.

Aumenta a flexibilidade

Com os exercícios praticados na água, o bebê terá um alongamento maior das musculaturas do corpo. Aos poucos ele conseguirá um melhor condicionamento físico, mantendo as articulações saudáveis e diminuindo o risco de no futuro contrair doenças como artrite, artrose.

Os cuidados que devem ser tomados

Apesar dos inúmeros benefícios, alguns cuidados também precisam ser tomados antes de colocar seu filho na natação. A idade de seis meses é considerada ideal para o início das atividades, mas é fundamental consultar um pediatra antes de começar as aulas.

Na hora de escolher a academia, tenha atenção às condições de higiene da piscina. Descubra se ela passa por limpeza diariamente e se tem uma manutenção adequada. A temperatura da água também deve ser verificada.

Se possível, procure piscinas que sejam tratadas por ionização ou salinização, evitando o uso excessivo de cloro. Outra boa opção é escolher locais com piscinas cobertas, para evitar exposição ao sol, chuvas e ventos.

Procure não deixar o bebê em jejum prolongado antes das aulas e também não o alimente muito próximo da hora de entrar na piscina. Após o exercício, é interessante que o bebê tenha uma boa refeição, pois, devido ao esforço feito, o apetite é estimulado e a recuperação da energia é necessária.

Quanto ao uso de acessórios, alguns cuidados devem ser tomados. Apesar de não ser obrigatório, é recomendado o uso de fraldas especiais, que não incham nem permitam o vazamento de dejetos na água. Quanto aos óculos de natação, é preciso avaliar cada caso, mas no geral, devem ser usados a partir dos três anos. Quando necessário, procurar um par de óculos que seja adequado para bebês, buscando sempre um maior conforto para os pequenos.

A touca é um dos acessórios mais utilizados e mais importantes. Elas ajudam a manter os ouvidos protegidos e facilitam a movimentação na água. Procure sempre a mais confortável para seu filho.

Agora, você conhece mais sobre a importância da natação para bebês e quais os benefícios que ela traz. Nadar é uma atividade muito prazerosa e fundamental para as crianças, mas não se esqueça de tomar os cuidados necessários para que o exercício atinja o máximo do seu potencial e para que ele se torne um momento de felicidade para a sua família.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então aproveite para ler o artigo que fala sobre os benefícios da natação e se aprofundar ainda mais no assunto.

Não existem comentários, envie o seu