"Master Monstro" é eternizado no hall da fama da natação

Atletas

Ele tem 61 recordes e 29 medalhas de ouro em campeonatos mundiais e há 15 anos figura entre os 10 melhores nadadores masters do mundo, sendo eleito em três ocasiões – 2007, 2009 e 2013 – pela FINA como o principal destaque. Mais do que merecidamente, Marcus Mattioli entrou para o International Masters Swimming Hall of Fame, sendo o segundo brasileiro a obter a honraria no master, a exemplo de Maria Lenk, nomeada em 1988.

“Foi um momento muito emocionante! Eu tinha noção da relevância da homenagem, mas quando cheguei lá entendi a grandiosidade do evento. E o fato de estar acompanhado do meu filho Raphael tornou a ocasião ainda mais especial. Oito atletas masters foram homenageados pela Federação Internacional de Natação e sem dúvida foi um momento inesquecível na minha vida.

Apesar do meu bem-sucedido passado de nadador e o bronze nos Jogos Olímpicos de Moscou (1980) no revezamento 4 x 200mts livre, jamais imaginei chegar tão longe. Após parar de nadar, fiquei 16 anos sedentário e engordei muito. Enquanto isso, o meu filho entrou para a natação e achei que fosse me dar um treco de tão nervoso que ficava quando ele competia. Voltei a nadar por questão de saúde e hoje fico deprimido quando não me exercito.

Para quem se acha velho demais para fazer alguma coisa, digo que coisas envelhecem, pessoas não. Sapatos ficam velhos, pessoas ficam idosas. Elas amadurecem, adquirem mais experiência e viram idosos, mas velhos JAMAIS! Só envelhece quem não se atualiza e com isso não consegue acompanhar as mudanças. Quem tem uma vida ativa não fica velho, não importa o quão idoso seja. Hoje, aos 57 anos, tenho muito mais energia do que vários meninos e fôlego de sobra para competir provas como os 200, 400 e 800mts livre, além dos  100 e 200mts borboleta.

E para quem usa a falta de tempo como desculpa, TEMPO É PREFERÊNCIA! Não existe justificativa para ficar ocioso, obeso e insalubre, pois o nosso principal bem é a saúde. Temos que estar em primeiro lugar e o exercício é o melhor remédio. Quem não faz isso precisa rever as suas prioridades. Se você não arrumar tempo agora para se exercitar, se cuidar  e ter uma vida ativa, se prepare para ter que arrumar tempo para se tratar de alguma enfermidade”.

Não existem comentários, envie o seu