Eduardo Seeger Duarte: o polimento na natação

Atletas

Os maiores talentos das piscinas do sul do país estarão reunidos de quinta-feira (25) a sábado (27) em Florianópolis para o Torneio Open Sul-Brasileiro de Natação. Nesta fase final de preparação para a competição os nadadores estão fazendo o polimento, mas você sabe o que significa isso?

Quem explica é o campeoníssimo Eduardo Seeger Duarte, atleta da Associação Tubaronense de Natação (ATN), que acumula inúmeras medalhas de sul-brasileiro e somente no ano passado conquistou quatro ouros e um bronze.

“A preparação do nadador é dividida em três partes: o treino de base, o específico e o polimento. A base é o treino mais aeróbico, com longas sessões e grande volume, que no meu caso chega a 60 km por semana. Já o específico mistura o aeróbico com o anaeróbico e foca mais na prova de cada atleta. O volume é reduzido, mas a intensidade aumenta, com tiros de 100%, potência e velocidade. Nesta fase a carga semanal fica entre 35 a 45 km, sendo que a preparação começa até oito semanas antes da competição, dependendo de cada atleta e treinador.

Já o polimento, como o próprio nome diz, é o momento de lapidar todo o treinamento anterior e fazer os ajustes necessários para a competição. Nesta fase o volume diminui bastante – eu faço de 25 a 35 km por semana, baixando até o campeonato -, e é o período em que o atleta descansa e se recupera. Alguns velocistas precisam de um tempo maior de polimento, que pode chegar a um mês. Como sou especialista em meio-fundo (200 e 400mts), eu e o meu técnico Eduardo Morini optamos por fazer no máximo duas semanas. Isso envolve, é claro, todo o conjunto de atividades físicas, que também são direcionadas para isso.

Polimento é muito emocional e o nadador precisa se sentir bem, principalmente na parte psicológica. Se o atleta estiver confiante o treinamento ocorre dentro do previsto. Caso contrário, influencia. Como sempre digo, resultado é consequência do trabalho de toda equipe de profissionais envolvida no planejamento do nadador e do técnico. O importante é focar nas provas, sem se preocupar com os adversários. E é essa autossuperação que sempre busco nas competições”.

  • 24 de maio de 2017

    Boa explicaçao Eduardo. Sempre atras de uma conquista existe um planejamento, fisico e mental. Se o sucesso é alcançado, o grupo multidiciplinar, teve papel importante. Ninguem nasce atleta, vc se forma atleta. Abraço e sucesso. Parabens a Hammerhead pela inciativa da materia e pelo apoio que vem dando ao grupo de talentos na modalidade. Sempre grato..

  • 24 de maio de 2017

    Baita texto. Exatamente o que acontece com o atleta e o Eduardo sabe bem como funciona e o que sentimos. Só um atleta consegue identificar exatamente se o polimento foi eficiente ou não. Pouco se fala sobre o polimento e é o período do treino mais aguardado pelos nadadores. 🙂

  • 24 de maio de 2017
  • 27 de maio de 2017